A chegada dos Imigrantes

 

Os primeiros imigrantes chegaram ao Brasil para trabalhar em sistema de parceria nas lavouras de café.

O café foi o principal produto brasileiro para a exportação, provocando um grande crescimento econômico como nunca havia aparecido no Brasil independente.

Nas Américas, pela ordem, os Estados Unidos, a Argentina e o Brasil foram os principais países receptores de imigrantes.

Os espanhóis começaram a imigrar para o Brasil em razão dos problemas no país de origem e das possibilidades de trabalho que, bem ou mal, lhes eram oferecidas. Muitos agricultores, proprietários de minifúndios, partiram da Galícia; outros vieram da Andaluzia, onde eram, principalmente, trabalhadores agrícolas.

Dentre os grandes grupos de imigrantes, os espanhóis foram os que mais se concentraram no estado de São Paulo.

A partir de década de 1870 a estrutura econômica brasileira passou por grandes mudanças, que refletiram nas relações sociais e políticas existentes.

A imigração européia colaborou com a urbanização da sociedade brasileira, e junto com o assalariamento da mão-de-obra, levou ao aparecimento de um superficial mercado interno para bens de consumo popular no país que acabou levando ao aparecimento das primerias unidades industriais no Brasil.

Os grupos de imigrantes que vieram para o Brasil foram os espanhóis, italianos, japoneses, judeus , portugueses, sírios, libaneses e alemães.



Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.